sexta-feira, 24 de julho de 2015

Assembleia Geral Eleitoral Extraordinária para a eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal da Academia Sobralense de Estudos e Letras


Academia Sobralense de Estudos e Letras
Av. Dr. Guarany, 535 – MESS
CEP 62.040-730 – Sobral – CE.

Edital N° 001/15

O PRESIDENTE DA ACADEMIA SOBRALENSE DE ESTUDOS E LETRAS, Acadêmico José Luís Araújo Lira, no uso de suas atribuições estatutárias,

Considerando a decisão tomada na Assembleia Geral Eleitoral Extraordinária de 21 de agosto de 2013, de que a Academia Sobralense de Estudos e Letras com a atual denominação, por força do atual estatuto, sucede a Academia Sobralense de Letras, fundada em 1922;

Considerando, ainda, que ambas as Academias tinham por tradição empossar suas diretorias em 7 de setembro;

Considerando, finalmente, que alguns mandatos começaram e terminaram a destempo, por conta inclusive de morte de presidentes no exercício do mandato, para normalizar-se o mandato da diretoria e seguir-se à sua tradição histórica,
.
RESOLVE:

Art. 1°. Convocar Assembleia Geral Eleitoral Extraordinária para a eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal da Academia Sobralense de Estudos e Letras, para o dia 18 de agosto de 2015, em caráter excepcional, conforme a soberana decisão da Assembleia Geral Eleitoral Extraordinária de 21 de agosto de 2013, das 19 às 21 horas, na sede da ASEL, nos termos que se seguem:

§ 1º A Diretoria será composta de um Presidente de Honra, um Presidente, um Vice- Presidente, um Secretário Geral, um Secretário Adjunto, um Diretor Financeiro, um Diretor Financeiro Adjunto, um Diretor de Publicações, um Diretor Social, e um Conselho Fiscal, composto por três Acadêmicos Titulares.

§ 2º - A Diretoria da Academia será eleita para um mandato de dois anos, sendo permitida uma recondução para o período subsequente.

§ 3º - A votação será secreta, vedado o voto por procuração, contudo, os Acadêmicos impossibilitados de comparecer poderão votar pelo Correio, em envelope lacrado, protegido por sobre envelope, em respeito ao sigilo do voto, nele constando a identificação do acadêmico votante.

§ 4º - Os acadêmicos impossibilitados de comparecer poderão votar pelo Correio, em envelope lacrado, protegido por sobre envelope, em respeito ao sigilo do voto, nele constando a identificação do acadêmico votante.

I. A Comissão Eleitoral enviará aos Acadêmicos residentes fora da Sede da Academia e aos que solicitarem, em razão da impossibilidade de comparecer ao local de votação, os envelopes, a chapa, devidamente rubricada e a folha de votação.

Art. 2º. Os Candidatos à Diretoria e Conselho Fiscal, deverão dirigir correspondência à Presidência da Comissão Eleitoral, requerendo a inscrição da Chapa, constando os nomes e os cargos que cada candidato(a) ocupará.

§ 1º - As inscrições das chapas se darão no período de 27 a 31 de julho de 2015, das 9 h às 11 horas e das 14 às 16 horas, na Sede da Academia.

§ 2º - Os nomes das candidaturas à Diretoria serão dispostos na chapa de acordo com a ordem de inscrição.

Art. 3º - Será eleita a candidatura que obtiver a maioria dos votos e, havendo empate, será eleita a chapa que tiver o candidato com mais tempo na Academia na presidência efetiva. Permanecendo o empate, será eleita chapa que tiver o candidato à presidência efetiva mais idoso.

Art. 4º - A posse da nova Diretoria e Conselho Fiscal será realizada no dia 7 de setembro de 2015, às 17h30min, na sede da ASEL.

Art. 5º. Ficam nomeados para a Comissão Eleitoral os Acadêmicos José Ferreira Portella Netto, Raimundo Nonato Aragão e Ataliba Araújo Moura, sob a presidência do primeiro, titulares, e José Dimas Carvalho Muniz e Almino Rocha Filho, suplentes.

Art. 6º. Os casos omissos e eventuais dúvidas referentes a este Edital e ao Processo Eleitoral serão resolvidos e esclarecidos pela Diretoria da ASEL.

Sobral, Ceará, aos 20 de julho de 2015.


José Luís Araújo Lira

Presidente

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Eleição para preenchimento de vagas na ASEL


Nos termos do Edital N° 001/2014 e da Portaria N° 001/20134, da Presidência da ASEL, foi aberto o processo eleitoral para o preenchimento das cadeiras N° 01, 13 e 16. No período de inscrição foram inscritos e deferidos, pela ordem de protocolo, os nomes de Ademar Mendes Bezerra para a cadeira N° 01, patrono José Sombra, último ocupante Evaristo Linhares Lima; Chrislene Carvalho dos Santos Pereira Cavalcante para a cadeira N° 13, patrono José de Alencar, última ocupante Maria Norma Maia Soares e Davi Helder de Vasconcelos para a cadeira N° 16, patrono Pe. João Augusto da Frota, último ocupante José Edinardo Albuquerque Silveira.

O Rito

A eleição obedece a um rito que se inicia com o falecimento de um sócio. A Academia baixa nota de pesar; realiza a Sessão da Saudade em memória do Acadêmico que faleceu e num prazo não inferior a 60 dias das exéquias do antecessor, se realiza a escolha do novo ocupante. A eleição se dá à portas-fechadas e dela só podem participar os ocupantes de uma das cadeiras de Sócio-Acadêmico. Às 19 horas, em ponto, do dia 13 de janeiro, terá início o processo de votação perante os Acadêmicos da Comissão Eleitoral, composta por Manoel Valdeci de Vasconcelos (Secretário-Geral da Entidade e Presidente da Comissão) e demais membros.

A imortalidade acadêmica

A imortalidade acadêmica finca-se na garantia de que doravante o nome e a bibliografia do novo eleito se perpetuarão junto com o Patrono e o primeiro ocupante das Cadeiras a serem preenchidas. O Acadêmico possui vitaliciedade no cargo.

/José Luís Lira

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Comunicado

Em reunião realizada na manhã de hoje, 22 de dezembro de 2014, às 10 (dez) horas, na sede da Academia Sobralense de Estudos e Letras, seu reuniu a Comissão Eleitoral nomeada pela Portaria N° 001/2014, nos termos do Edital N° 001/2014, para conduzir o processo eleitoral para o preenchimento das cadeiras N° 01, 13 e 16, com a finalidade de analisar os pedidos de inscrição dos candidatos às mencionadas cadeiras. No período de inscrição foram inscritos e pela comissão deferidos, por unanimidade, para concorrem às cadeiras na ordem anteriormente apresentadas, pela ordem de protocolo, os nomes de Ademar Mendes Bezerra, Chrislene Carvalho dos Santos Pereira Cavalcante e Davi Helder de Vasconcelos. A eleição será no dia 13 de janeiro de 2015, de 19 às 21hs, na sede atual da Academia.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Falece o Acadêmico Edinardo Silveira



FALECIMENTO DO PROFESSOR JOSÉ EDINARDO ALBUQUERQUE SILVEIRA

 NOTA DE PESAR E DE LUTO OFICIAL


O Presidente da Academia Sobralense de Estudos e Letras (ASEL), considerando o falecimento do intelectual José Edinardo Albuquerque Silveira, ocupante da cadeira de Nº. 16, cujo patrono é o Pe. João Augusto da Frota, ocorrido na manhã deste dia 17 de junho de 2013, na Cidade de Fortaleza (CE), vem manifestar o mais profundo pesar a todos os Acadêmicos, Familiares e Amigos do Prof. Edinardo Silveira, e, no uso de suas atribuições estatutárias, decretar luto oficial, no âmbito acadêmico, por três dias, a contar desta data.
O Acadêmico Edinardo Silveira nasceu, em Massapê,(CE), a 23/11/1946. Era graduado em Letras e Pedagogia. Especializado em Metodologia do Ensino Superior pela Universidade Federal da Paraíba e Universidade Federal do Ceará. Lecionou na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) onde desempenhou, ainda, a função de Pró-Reitor Adjunto de Desenvolvimento Universitário.
Em Sobral, formalizou os processos de autorização e reconhecimento do Colégio Professor Luciano Feijão junto ao CEC, elaborou toda a documentação necessária ao credenciamento e à renovação do reconhecimento do Colégio Sant’Ana, Colégio Sobralense e Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota, junto ao Conselho Estadual de Educação do Ceará. Elaborou o Processo de Reconhecimento do Instituto Superior de Teologia Aplicada – INTA - até a expedição da Portaria Nº 164, de 16 de fevereiro de 2007 - Ministério da Educação e Cultura - Secretaria de Educação Superior.
Em 1989, foi nomeado Secretário de Administração da Prefeitura Municipal de Sobral.
Em 1990, concebeu e elaborou o Projeto de Lei de Criação do Conselho Municipal de Educação de Sobral (o primeiro do Ceará), que, transformado em Lei, ficou assim constituído: Prof. Evaristo Linhares Lima – Prof. José Edinardo Albuquerque Silveira, Dr. Francisco Martônio Pontes de Vasconcelos – Pe. Manoel Valdery da Rocha e Pe. João Batista Frota.
Em 1994, foi nomeado Secretário de Administração da Prefeitura Municipal de Sobral, tendo posteriormente renunciado para exercer dedicação exclusiva na Universidade Estadual Vale do Acaraú.
Em 2002, publicou Legislação e Normas Fundamentais dos Níveis e Modalidades de Educação no Brasil – Edições UVA – Sobral – Ceará.
Em 2012, publicou SÍNTESE CRONOLÓGICA DA UVA – 1915 – 2010 - UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ – TOMO I – 1915 – 1968 – PROTO-HISTÓRIA. Também em 2012, publicou FÉ E RAZÃO A TRAJETÓRIA DE UMA VIDA, homenageando o Monsenhor Francisco Sadoc de Araújo.
Era Cidadão Sobralense Honorífico.
O Acadêmico Edinaro Silveira deixa à sua família, acadêmicos e amigos uma saudade perene e ao povo sobralense e à Academia Sobralense um legado cultural e educacional valiosos.
Oportunamente, a Diretoria comunicará a data da Sessão de Saudade, oportunidade em que será reverenciada a memória do já saudoso Acadêmico.
Requiescat in pace!

Dada e passada aos 17 de junho de 2013.

José Luís Araújo Lira
Presidente